segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

I'll read you a story.*


os poemas nascem debaixo das ondas,

antes da espuma da rebentação.

quando rebentam,
junto das árvores caducas,

desfazem-se as palavras,
em monossílabos que não dizem mar.

é aí que morrem os dias.
*[colleen].
fotografia de jannie regnerus.

2 comentários: