sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

my first, my last, my everything.


lançamento MACA 7-8 hoje, a partir das 21h, no espaço da Arte à Parte (Rua Fernandes Tomás, nº17, Coimbra).

segunda-feira, 9 de novembro de 2009


polaroid de fotografia roubada daqui*

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

praise the moustache XXIV.



a little pain in my heart
just won't let me be.*



mister ottis redding.
*pain in my heart.

praise the moustache XXIII.


with all your lies, you're still very lovable.*



justin vernon a.k.a. bon iver.
*for emma, forever ago.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

24/7 proof.



o nosso amor não era à prova de vinte e quatro horas por dia em vinte e três metros quadrados.*



*ricardo adolfo, depois de morrer aconteceram-me muitas coisas.
fotograma de o leitor.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

democracia [demo version].




*parabéns, mafaldinha!

while you wait for the others.*


os dias parecem uma enorme sala de [longa] espera.



*grizzly bear.
fotografia do andar de baixo que,
tal como este, vai ser demolido não tarda nada.

small cut sensations.*


muito rapidamente, de novo, para não ensaiar palavras: no domingo, pensei que o outono tinha caído no meu colo, quando entrou pela janela do carro; sonho todos os dias com pássaros mortos e gostava que me explicasses porquê; quero muito comprar um corpo de ensaio e erro, pode ser? acho que este se estragou; fiquei a saber que também nunca vou ser do tipo de rapariga cujos cabelos esvoaçam de forma perfeita ao som do vento (sim, som, não me sabe a nada, mas ouço-o); descobri, também, que vou sempre sentir-me asfixiada dentro dos abraços desfeitos de almodóvar, por mais que os caminhos sejam traçados sempre da mesma forma; também acho que devia haver uma disciplina que obrigasse os alunos a estudar certos filmes; comprei mundos antigos por dez euros e pensei como seria bom comprar os novos a esse preço; comprar os novos, apenas, já era bom; acordo todos os dias a pensar em aprender uma coisa nova, para não ver à lupa aquilo que não consegui aprender (acho que se chama "esperar", mas não tenho a certeza); no autocarro que apanho todos os dias, o setecentosevintesete, há um senhor que faz listas de tudo, com uma letra muito perfeitinha: jornadas de futebol, playlists de rádios, dados percentuais do que quer que seja, compras, programações televisivas; lembrei-me que gosto de fazer listas, mas nunca em andamento, porque a letra não fica perfeitinha. o problema será sempre esse: a letra não ficar perfeitinha.


*jong pang.
fotografia d'aqui.

sábado, 26 de setembro de 2009

agenda cultural.


então, assim muito rapidamente, é isto, isto, isto, talvez isto - sem misturas, desta vez - e isto.
*a foto.grafia é da vera marmelo.

that's the spirit.


ghost world, daniel clowes.

beatlemania.


sábado, 12 de setembro de 2009

today is the day.*


se pudesse, coroava-te de rosas
neste dia -
de rosas brancas e de folhas verdes,
tão jovens como tu, minha alegria.

eugénio de andrade, as mãos e os frutos.
*para compensar a imagem perdida.
fotografia d'aqui.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

a fuga das palavras.


reza a história de que ela não deixava que as palavras passeassem na língua. era uma infracção muito grave deixar que elas permanecessem entre dentes durante um longo período de tempo. um dia, ela abriu a boca, num gesto de justiça, e as palavras fugiram. foi uma para cada seu lado, accionando o alerta de verdade-maior. assim que soou o alarme, afastou-se a maior parte dos ouvidos alheios e os que estavam mais próximos chegaram a ensurdecer. não ouviam nada. e como não sabiam ouvir, invertiam o gesto: falavam. falavam muito e de forma imperceptível. as palavras não se importaram. continuaram a ecoar nesses ouvidos moucos e foram felizes para sempre.

*foto retirada do peixe estranho, com o aval da plastessina.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

terça-feira, 1 de setembro de 2009

there's no place like home.*



quando encontramos a nossa casa na caixa do correio.


*não preciso de dizer de onde foi retirado, pois não?

this is not about love.*


a história da minha vida: esticar o corpo e, sobre pés trémulos, tentar chegar ao que está ali, mesmo ao lado da prateleira mais perto do impossível.


imagem de pushing daisies (2007).
*fiona apple.

terça-feira, 25 de agosto de 2009


'vuelvo al Sur, como se vuelve siempre al amor, vuelvo a vos, con mi deseo, con mi temor. (...) quiero al Sur, su buena gente, su dignidad (...).'*


pero te llevo conmigo, pajarillo azul.


*já andou por aqui e por aqui caminhará sempre: astor piazzolla.

domingo, 2 de agosto de 2009

dos passos por dar.


the woods are lovely, dark and deep,
but I have promises to keep,
and miles to go before I sleep,
and miles to go before I sleep.*



*robert frost, stopping by woods on a snowy evening.
fotografia de couve-flor.

sete polegadas.



well, I'm twenty-five years older now,
so I know it can't be right
and I'm no better baby and I can't help you no more
than I did when I was just a girl.*



*janis joplin, kozmic blues.
fotografias d'aqui.

quarta-feira, 8 de julho de 2009


entrevista a tiguana bibles, com fotografias da francisquinha moreira, na edição deste mês da rua de baixo.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

tiguana bibles.




*confirmar qualidade
aqui.

terça-feira, 23 de junho de 2009

praise the moustache XXII.


oh, golly, if that doesn't put the shaz in shazam.*


*ned flanders, the simpsons.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

dos pedidos fora de tempo.


provoke a frenzy in me my love,
provoke a frenzy in me,
provoke a frenzy in me my love.*



*telepathe, devil's trident.

adorava saber de quem é a fotografia, mas andava perdida no meu computador, sem autor, como que a dizer pick me! pick me!.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

never say it's the last word.*


escreverás sobre aquele que te estremeceu as palavras,
arrefecendo o corpo numa multidão de ondas.
escreverás sobre aquele que te acordou os sonos
com ausências
[e arrepios na derme].

chegará o dia em que cairás no silêncio da boca,
empurrada por aquele que te soube escrever todas as letras do teu nome.


*grizzly bear, southern point.
fotografia d'aqui.

terça-feira, 2 de junho de 2009

dos perigos.


wild tigers I have known

they send me down
messin' around
.*

*emily jane white.
fotografia de sara martins.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

25.


merci, mes amours.

pour toujours.*



*ou tenho os melhores amigos do mundo.
fotografia de sabino.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

esta vida não acabou aqui.


o que é que gostaria de ter feito e não fez?

ler muito mais, os muitos filmes e quadros que queria ter visto, as muitas viagens que queria ter feito, as muitas pessoas que teria gostado de conhecer melhor, muito mais tempo para os amigos, os amores, a família, do que aquele que acabei por ter. enfim, tudo parece passar muito depressa. mas é uma questão de aceitar isso: há muita coisa que nunca fiz, nunca farei, mas isso acontece a toda a gente. o que se deve é fazer um esforço. como dizia o outro:
“não se pode dormir com todas as mulheres do mundo, mas deve-se fazer um esforço”[risos].*

*excerto de entrevista realizada por kathleen gomes a joão bénard da costa, em agosto de 2001.

regresso ao futuro.*





*na loja oficial da couve [que já tem umas!]

quarta-feira, 20 de maio de 2009

praise the moustache XXI.


we are going to finish this picture just the way I want it... because you cannot compromise an artist's vision.
*




*ed wood.
johnny depp as ed wood.

domingo, 17 de maio de 2009

indie songs don't lie.




*festival organizado por um lugar comum.
*delicioso cartaz da joana corker.

terça-feira, 12 de maio de 2009

quarta-feira, 6 de maio de 2009

das incertezas.



you can never hold back spring.*

*tom waits.
fotografias de raquel fialho.

terça-feira, 5 de maio de 2009

das certezas.



one day, we'll float
take life as it comes.
oh, one day...*


*pj harvey, we float.

sábado, 2 de maio de 2009

he's the alphabet pony.*


entre travessões e parágrafos ininterruptos, apóstrofes exaltadas ou cacofonias agudas, percebeu que precisavam, de forma urgente e já tardia, de um novo alfabeto.


fotograma de le scaphandre et le papillon.
*the kills.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

praise the moustache XIX.



*fotograma de breakfast on pluto.

bryan ferry as mr. silky string.

sábado, 25 de abril de 2009

sexta-feira, 24 de abril de 2009

sea within a sea.*


desenhámos um início na revolução da maresia,

onde as ondas brotam instantes eternos.
nesse mar, cabem todos os caminhos

e aquele que nos encontrou - sei-o hoje - é irreversível.**


**para a.&j.
*the horrors.
fotogramas de the piano, de jane campion.

myths of the near future.*



há futuros cansados
em que todas as janelas
dão para o abandono dos sonhos.

fotografia de femme fatale.
*klaxons.

do comércio contemporâneo.


sexta-feira, 17 de abril de 2009

itinerário principal.


entre nós,

há um caminho secundário,

um desvio directo ao coração.


*fotografia do sítio do costume.


quinta-feira, 16 de abril de 2009

da não-ficção.


esta história baseia-se em factos reais:


há cores que só a sul os olhos descobrem.


*fotografia d'aqui.



quinta-feira, 2 de abril de 2009

in a while, crocodile.



vou ali colar os pedaços e já volto.

fotografia d'aqui.

terça-feira, 31 de março de 2009

[abrir a janela e cair na vertigem da ausência] *



como se a vida fosse vivida em vertigem,
e fosses a queda constante das horas,
queda lenta de discretos rumores.
como se a vida fosse olhada de longe,
os dias em ponto pequeno,
a rodopiar no anonimato,
de pés descalços em chão avesso.

como se a vida fosse vivida em vertigem,
em antecipação de paragens cardíacas.
como se no parágrafo de inverno não houvesse letras capitais,
e o movimento das palavras que escrevem o teu nome
despenhasse o voo dos pássaros urbanos.

como se a vida fosse vivida em vertigem,
e contasse a um ouvido de palavras interrompidas
que,
no precipício do corpo, ao desmembrar o silêncio,
os lábios entrariam em combustão.



* poema publicado
 no número 6 da VI série da revista Via Latina.