sábado, 29 de março de 2008

alice. a peur du temps.*


pai da couve: porque assinas "alice."?

couve: por causa da alice que vive numa música francesa.

pai da couve: hum. pensei que fosse a alice no país das maravilhas.

couve: não. só se fosse a alice no país dos tormentos.

pai da couve: ninguém te disse que não ia ser assim.


couve: pois. por isso é que tem um ponto final.

*'alice', chat.
[pintura de paula rego].

7 comentários:

Nani disse...

paula rego? .)

n gosto do "conformismo" que um ponto final traz.

ai, ai, ai... tenho q me chatear eu? .p

L disse...

música francesa... um "tormento" sentimental!

Eu tenho uma Edith. Não tem ponto final, tem reticências. ;) *

homesick.alien disse...

it's the end of the road?

couve-flor. disse...

sim, paula rego - a pintora carnal:)
a seguir a um ponto final podem vir vários parágrafos, so it isn't the end of the road;)
eu gosto muito da edith!e acho que as reticências te assentam muitíssimo bem!:)

franksy! [girlfriend in a , ] disse...

o pai horácio é grande!!!

Pedro. disse...

eu gostei de saber que a alice vinha da chat ;)

couve-flor. disse...

a alice da chat é a martinha da couve [ou a couve da martinha...já n sei quem é quem].